Mundo

Número de vítimas de queda de avião na Rússia sobe para 62

Número de vítimas de queda de avião na Rússia sobe para 62

Investigadores russos confirmaram a morte de todas as 62 pessoas a bordo de um avião da companhia aérea de baixo custo FlyDubai, que caiu esta madrugada quando tentava aterrar no aeroporto em Rostov-on-Don, no sul da Rússia.

Inicialmente, o Ministério para as Situações de Emergência russo tinha reportado um total de 61 vítimas mortais.

"De acordo com a informação inicial, havia 55 passageiros e sete membros da tripulação a bordo. Eles morreram todos", disseram os investigadores.

Todos os passageiros tinham nacionalidade russa, incluindo quatro crianças, informou o canal LifeNews, que descreveu os membros da tripulação como "estrangeiros" não especificados.

"A FlyDubai lamenta confirmar que o seu voo FZ981 se despenhou durante a aterragem e o número de vítimas deste trágico acidente", informou a companhia aérea em comunicado.

Segundo a transportadora, o avião saiu do aeroporto internacional do Dubai na sexta-feira pelas 18:20 (hora de Lisboa) e o acidente ocorreu este sábado, em Rostov-on-Don, pelas 00:50.

O avião caiu a uma centena de metros da pista de aterragem, durante uma segunda tentativa para aterrar no aeroporto de Rostov-on-Don em condições de má visibilidade, informou a estação russa LifeNews.

Chovia bastante hoje de manhã em Rostov-on-Don e o Ministério para as Situações de Emergência russo tinha lançado um alerta de ventos fortes.

Uma investigação criminal foi lançada ao acidente para determinar se houve violação das normas de segurança ou negligência.

"Uma possível falha do piloto" está entre as possíveis causas em análise, disse Jeanna Terekhova, uma assessora do Ministério dos Transportes russos, ao canal Russia 24.

A companhia aérea FlyDubai foi estabelecida em março de 2008.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado