Vladimir Putin

Polícia deteve 132 apoiantes de Navalny, opositor de Putin

Polícia deteve 132 apoiantes de Navalny, opositor de Putin

Mais de 130 pessoas foram detidas pela polícia de Moscovo durante a manifestação organizada por apoiantes de Alexei Navalny, opositor de Vladimir Putin.

"Pelo menos 132 pessoas fazem parte da lista de pessoas que foram detidas pela polícia na praça Manege", perto do Kremlin, onde decorre a manifestação de apoio a Navalny, indica em comunicado a organização não-governamental OVD-Info, que monitoriza as detenções efetuadas pelas autoridades na Rússia.

O número foi publicado na página da organização na Internet, mas não foi confirmado pela polícia.

Pelos menos uma centena de polícias e algumas dezenas de elementos das forças especiais concentraram-se junto da praça Manege desde as 17.00 horas. De acordo com a agência AFP, registavam-se na altura 15 graus negativos em Moscovo.

Apesar de condenado, esta terça-feira, a prisão domiciliária, Navaly violou a ordem do tribunal e juntou-se à manifestação onde foi detido pelas autoridades.

As primeiras imagens da detenção, captadas pela estação de televisão Dozhd, mostram o momento em que agentes da polícia cercam Navalny que, de imediato, foi levado para o interior de um autocarro das forças de segurança na Praça Manezhnaya.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM