Mundo

Rei de Marrocos apresenta plano de desenvolvimento para o Sara Ocidental

Rei de Marrocos apresenta plano de desenvolvimento para o Sara Ocidental

O rei Mohamed VI apresentou, esta segunda-feira, um plano de desenvolvimento no Rio de Ouro, em cerimónia realizada na cidade de Dajla, no sul do Sara Ocidental, com investimentos previstos de 17.700 milhões de dirhams (1.600 milhões de euros).

O programa, que vai ser financiado em um terço pelo Estado marroquino, consta de sete eixos, a saber, aquicultura e desenvolvimento de atividades pesqueiras, dessalinização de água para agricultura, turismo, ambiente, eletrificação, património e porto.

A cerimónia de assinatura do contrato-programa, com os projetos específicos de cada eixo, contou com a presença de 14 ministros e vários diretores de agências estatais, que acompanharam o rei nesta viagem ao Sara Ocidental.

A visita de Mohamed VI ao Sara ocorre também quando o conflito político está totalmente paralisado, com as duas partes intransigentes nas suas posições: com o reino a admitir apenas a autonomia para a região e a independentista Frente Polisário a recuar qualquer proposta que não inclua um referendo com a opção da independência.

Conteúdo Patrocinado