EUA

Trump desiste de recurso de suspensão de ordem executiva sobre imigração

Trump desiste de recurso de suspensão de ordem executiva sobre imigração

O presidente norte-americano, Donald Trump, desistiu, esta quinta-feira, do recurso à decisão judicial que suspendeu a proibição de viajar para os Estados Unidos de pessoas nacionais de sete países e a entrada de refugiados.

"Em vez de continuar este litígio, o presidente pretende, num futuro próximo, rescindir a ordem executiva e substituí-la por uma nova para eliminar o que o painel pensou erradamente serem preocupações constitucionais", refere, em comunicado, a Casa Branca.

O Presidente norte-americano prometeu hoje a apresentação "para a próxima semana" de um novo decreto sobre imigração, no decurso de uma conferência de imprensa em Washington.

"Estamos em vias de publicar um novo decreto na próxima semana que vai proteger totalmente o nosso país", declarou Trump, que em 27 de janeiro assinou um decerto atualmente bloqueado pela justiça. Este texto impedia temporariamente a entrada nos Estados Unidos dos cidadãos de sete países muçulmanos e dos refugiados.

No dia três de fevereiro, o juiz federal James Robart bloqueou provisoriamente o veto que desde 27 de janeiro suspendia durante 120 dias a entrada nos EUA de refugiados de todo o mundo e anula por 90 dias a emissão de vistos para os cidadãos da Líbia, Sudão, Somália, Síria, Iraque, Irão e Iémen.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM