EUA

Trump irrita-se e impede jornalista de fazer perguntas

Trump irrita-se e impede jornalista de fazer perguntas

A primeira conferência de imprensa de Donald Trump depois das eleições norte-americanas ficou marcada pelo diferendo entre o presidente eleito e um jornalista da CNN, que foi impedido de colocar questões.

Depois de a CNN ter dado conta da existência de um relatório secreto que afirmava que a Rússia estaria na posse de informações que poriam em causa a reputação de Donald Trump, o presidente eleito norte-americano retaliou durante a conferência de imprensa desta quarta-feira à tarde.

Quando Jim Acosta tentava colocar uma questão sobre as relações de Trump com a Rússia, o político norte-americano impediu-o de continuar e acusou a CNN de ser um órgão de comunicação que veicula "notícias falsas".

Trump mandou Acosta calar-se e deu a palavra a outro jornalista presente na Torre Trump, em Nova Iorque, sob o protesto do repórter.

Mais tarde, o jornalista da CNN revelou que o futuro secretário de Comunicação da Casa Branca, Sean Spicer, lhe disse que se tentasse voltar a colocar questões a Trump seria expulso da sala.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM