Mundo

Um em cada quatro alunos londrinos é semi-analfabeto

Um em cada quatro alunos londrinos é semi-analfabeto

Um em cada quatro alunos residentes em Londres é quase analfabeto funcional quando deixa o ensino primário, revela um estudo divulgado, esta terça-feira, pela imprensa britânica.

O estudo, publicado pelo diário vespertino londrino Evening Standard, revela também que um em cada cinco estudantes sai do ensino secundário sem conhecimentos suficientes de leitura e de escrita, situação que abrange igualmente um milhão de profissionais adultos que trabalham na capital britânica.

A nível nacional, 5% dos adultos ingleses têm um nível de alfabetização equivalente a uma criança de sete anos ou menos idade, indica o estudo, da responsabilidade da investigadora-chefe da fundação pública National Literacy Trust, Christina Clark.

A investigação envolveu 18 mil estudantes de 111 escolas britânicas.

Perto de 40% das crianças de 11 anos que completam o ensino primário e transitam para o secundário têm níveis de alfabetização que correspondem normalmente aos escalões etários entre os seis e os nove anos.

O estudo indicou também que uma em cada três crianças residentes em Londres não têm em casa qualquer livro, mas 85% dos menores com idades compreendidas entre os oito e os 15 anos possuem uma consola de jogos e perto de 81% têm telemóvel.

O problema do analfabetismo infantil é particularmente significativo em Londres porque, entre outros aspectos, existem muitas crianças originárias de famílias de imigrantes que apreendem o inglês como o segundo idioma.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado