Mundo

Expulso da Arábia Saudita por ser "irresistível para as mulheres"

Expulso da Arábia Saudita por ser "irresistível para as mulheres"

Omar Borkan Al Gala foi expulso da Arábia Saudita por ser "demasiado bonito" e "irresistível para as mulheres". O fotógrafo e poeta foi expulso juntamente com outros dois modelos, durante o festival cultural Jandriyah.

A polícia religiosa saudita deteve Omar Borkan Al Gala e outros dois modelos, durante o festival cultural Jandriyah, no qual os três homens trabalhavam no stand de promoção dos Emirados Árabes Unidos.

Segundo explicou um dos agentes da polícia à imprensa local, "os membros da Comissão para a Promoção da Virtude e Prevenção de Vícios temia que as visitantes se apaixonasse por eles" e que "tomaram medidas para deportar os três homens para Abu Dhabi.

A delegação dos Emirados Árabes Unidos emitiu um comunicado esclarecendo que o motivo da detenção e posterior expulsão do país de Omar Borkam e dos seus colegas de trabalho nada teve a ver com o facto de serem "demasiado bonitos", mas esteve antes relacionada com a presença inesperada no stand de uma artista dos Emirados, algo que desafiou o costume de as mulheres não se relacionarem com homens que não sejam da sua família.

O perfil do Facebook de Omar Borkan Al Gala tem sido invadido por mensagens de homens e mulheres de todo o Mundo que lhe deixaram elogios e propostas de casamento.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado