Mundo

Pescador fica sem braço após ataque de hipopótamo

Pescador fica sem braço após ataque de hipopótamo

Um pescador sobreviveu ao ataque de um hipopótamo, mas ficou gravemente ferido, quando pescava no rio Kutxihi, município dos Luchazes, na província angolana do Moxico.

O ataque ocorreu depois de o animal se ter lançado contra a canoa do pescador, como contou a mulher da vítima, citada pela agência noticiosa angolana, Angop.

A vítima, que recebeu assistência no Hospital Geral do Moxico, leste de Angola, chegou àquela unidade hospitalar com ferimentos graves, de acordo com o chefe do banco de urgência, o que obrigou à amputação de um braço.

Em Angola, são comuns incidentes do género, que na maioria das vezes terminam em morte.

Há uma semana, foi noticiado que na província do Cuando Cubango, sul do país, duas menores de 11 e 14 anos foram atacadas por jacarés, tendo ficado com vários ferimentos nos membros superiores e inferiores.

O primeiro caso ocorreu a 17 de janeiro, quando a vítima tomava banho num rio, e o segundo foi registado no dia 11 deste mês.

Conteúdo Patrocinado