O Jogo ao Vivo

psicologia

Dizer palavrões é sinal de inteligência

Dizer palavrões é sinal de inteligência

Um estudo feito por psicólogos americanos revela que um vocabulário rico em palavrões é um indicador de inteligência e habilidade verbal.

Pessoas que utilizam palavrões no seu discurso têm o QI mais alto do que pessoas que tentam evitar palavras feias, é o resultado do estudo feito pelos psicólogos americanos, Kristin e Timothy Jay.

Para esta nova pesquisa, os cientistas desafiaram as pessoas a dizer o maior número possível de palavrões em 60 segundos. O mesmo desafio foi feito com nomes de animais e com palavras consideradas comuns.

O resultado foi claro: as pessoas que conseguiram nomear mais palavrões no tempo estipulado foram as mesmas que disseram mais palavras no geral.

"As pessoas associam o uso de palavras consideradas tabu a pessoas preguiçosas, que não se conseguem controlar e que são mal-educadas", escreveram os psicólogos responsáveis pelo estudo para a revista "Languages Sciences".

"A conclusão deste estudo é que a fluência no vocabulário considerado tabu é um indicador saudável no que diz respeito às restantes habilidades verbais", acrescentaram.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado