Parlamento

Hugo Soares é candidato único à liderança da bancada do PSD

Hugo Soares é candidato único à liderança da bancada do PSD

O vice-presidente da bancada do PSD Hugo Soares é o único candidato à liderança do grupo parlamentar nas eleições que se realizam na quarta-feira.

O prazo para a entrega de candidaturas terminou esta segunda-feira às 18 horas.

O candidato à liderança do grupo parlamentar do PSD Hugo Soares propõe manter todos os anteriores vice-presidentes de Luís Montenegro e integrar na direção da bancada José Cesário e Margarida Mano, num total de 12 vices.

Na lista candidata à direção do grupo parlamentar, entregue no parlamento na sexta-feira, Hugo Soares mantém como vices António Leitão Amaro, Carlos Abreu Amorim, Miguel Santos, Adão Silva, Amadeu Albergaria, Luís Leite Ramos, Sérgio Azevedo, Berta Cabral, Nuno Serra e Miguel Morgado.

Para secretários da direção, a lista de Hugo Soares candidata Pedro Pimpão, Ângela Guerra (ambos transitam da anterior direção) e Clara Marques Mendes.

Na sexta-feira, a deputada do PSD Manuela Tender, eleita por Vila Real, enviou um email aos parlamentares sociais-democratas a apelar a uma candidatura alternativa à de Hugo Soares para a liderança da bancada.

"Julgo que era mais enriquecedor e sinal de vitalidade mobilizadora e democrática ter uma ou mais candidaturas alternativas que melhor representem as expectativas do Grupo Parlamentar, dos militantes do PSD e dos portugueses", defendeu a deputada.

As eleições para a bancada do PSD foram anunciadas a 06 de julho pelo líder parlamentar, Luís Montenegro, que já não se pode recandidatar por ter atingido o limite de mandatos previsto nos estatutos do PSD.

Hugo Alexandre Lopes Soares, 34 anos, é vice-presidente da bancada desde outubro de 2013. Advogado, foi eleito deputado por Braga pela primeira vez em 2011 e foi líder da Juventude Social-Democrata.

Na atual legislatura integrou, como coordenador do PSD, a Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco.

Luís Montenegro exerceu funções de líder parlamentar do PSD desde junho de 2011, quando foi eleito com 86% dos votos, tendo sido sucessivamente reeleito em outubro de 2013, com 87% dos votos, e em novembro de 2015 com quase 98% dos votos, sempre sem oposição.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM