Pedrógão Grande

Impedido de levar água e comida aos funcionários que combatem o fogo

Impedido de levar água e comida aos funcionários que combatem o fogo

Um empresário a quem foram requisitadas seis máquinas de rastos para a ajuda no combate aos incêndios que lavram o norte do distrito de Leiria está retido há cinco horas na zona da Picha, concelho de Pedrógão Grande, porque as autoridades não o deixam passar para ir levar água e comida aos funcionários.

"O meu pessoal anda aqui desde domingo, nem banho tem tomado, e não me deixam passar para lhes dar apoio. Até já me quiseram prender por eu estar a insistir", desabafou ao JN António Louro.

O empresário não esconde ainda a sua preocupação pela integridade física de pelo menos dois dos funcionários que se encontravam refugiados na cabine de uma das máquinas, com o ar condicionado ligado para se protegerem do fumo.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM