Google

Google escolhe JN para projeto digital

Google escolhe JN para projeto digital

O "Jornal de Notícias" foi escolhido pela Google para receber o fundo de inovação Digital News Initiative, que atribui 27 milhões de euros a projetos na indústria dos média em 23 países europeus.

O anúncio foi feito esta quarta-feira pelo presidente executivo da Google, Sundar Pichai, em Paris, França. Em causa está um fundo para apoiar o jornalismo de excelência por via da tecnologia e inovação, que em Portugal vai distinguir seis projetos.

Recorde-se que o JN já tinha sido a primeira marca portuguesa no lançamento de Instant Articles da rede social Facebook, em novembro de 2015.

Para José Carlos Lourenço, COO do Global Media Group, "o financiamento agora obtido irá acelerar o progresso que se tem vindo a registar na performance das plataformas digitais do JN, em particular na área da produção e distribuição de vídeo, a área de atuação do projeto agora distinguido. É também um extraordinário prémio para a equipa da Global Media e para o foco que tem dedicado ao crescimento e à inovação das suas propostas disponibilizadas ao mercado."

O projeto apresentado pelo "Jornal de Notícias" foi reconhecido pelo Digital News Initiative Innovation Fund da Google por ser inovador e transformativo na forma de produzir informação jornalística em vídeo.

Recorde-se também que o "Jornal de Notícias" foi, em janeiro, o site generalista de informação nacional com mais visualizações do país. Em janeiro, o JN.pt obteve 77,4 milhões de páginas vistas, mais 4 milhões do que o "Correio da Manhã", cujo sítio, agora destronado, era o que tinha mais visualizações, desde 2013.

Pela primeira vez, o Global Media Group (GMG), que integra, entre outros, o JN, o DN e a TSF, lidera entre os grupos editoriais com 49.720.897 de visitas.

Esta quarta-feira, no Sciences Po, em Paris, Sundar Pichai adiantou que está a ser "oferecido financiamento a 128 organizações de 23 países europeus". Concorreram mais 1200 projetos a nível europeu, sendo selecionados apenas 38.

No total, trata-se de um financiamento de 27 milhões de euros para projetos grandes e pequenos para ajudar à inovação na indústria dos média.

De acordo com a Google, esta é a primeira tranche do fundo de 150 milhões de euros que está disponível ao longo de três anos. Ainda durante este ano, a empresa vai lançar uma nova ronda.

A multinacional tecnológica revelou ainda que o projeto Accelerated Mobile Pages, que permite que os conteúdos das notícias nos telemóveis sejam carregados até quatro vezes mais rápido, vai começar a ser introduzido na pesquisa da Google.

Conteúdo Patrocinado