Opinião

Torcer pelos dois

O PS decidiu concorrer sozinho às próximas eleições autárquicas no Porto e faz bem. Tivesse tomado essa decisão de início e ter-nos-ia poupado ao embaraço de assistir ao deprimente espetáculo de passa-culpas e de ver Manuel Pizarro, que não merecia mas também se pôs a jeito, usado numa guerra que, estou certa, não desejava.

Rui Moreira, apesar de continuar a dar boleia ao PP que pouco lhe acrescenta, embora neste caso seja mais fácil de perceber por já ter sido assim anteriormente, também vai melhor assim.

Posto isto, entendo, como sempre entendi, que é possível sim ambas as candidaturas fazerem uma campanha limpa, que honre o passado e beneficie o futuro da cidade.

Achei feio, pouco inteligente e prematuro o PS vir dizer que não voltará a repetir um acordo pós-eleitoral com o movimento independente. Então onde fica a defesa dos superiores interesses do Porto tantas vezes propagandeado e que serviu de argumento à anterior união?

Convém ter calma porque, como diz o ditado, prudência e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém...

Também não tenho gostado de ouvir e de ler algumas alarvices que tenho visto por aí , vindas de ambos os lados e pasme-se não dos dois protagonistas, mas de alguns dos seus apaniguados que na ânsia de mostrar serviço deitam achas para a fogueira. Era escusado, mas não deixa de ser esclarecedor.

Estou certa de que todo este ruído existe apenas porque é hora do camaleão, do acrobata e do traidor...

É quase sempre assim em vésperas de campanhas eleitorais, na esperança de caírem nas boas graças dos respetivos chefes, e de se posicionarem para um qualquer lugar nas respetivas listas, os do costume dizem e fazem trinta por uma linha com completo despudor.

Neste contexto, concordo com o senhor presidente da República, temos de lhes dar um desconto.

Acredito que o bom senso acabará por imperar e a situação tenderá a acalmar para bem da cidade, do debate de ideias e da democracia.

Reafirmo que apoio Rui Moreira, que espero obviamente vença folgadamente, mas desejo sinceramente um resultado digno a Manuel Pizarro.

Ficarei a torcer pelos dois.

Porquê? Porque o meu partido é o Porto.

*GESTORA DE EMPRESAS

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM