Há solução: redistribuir a riqueza
12.07.2014
Manuel Tavares

O BES viveu no centro de um vulcão bolsista que a dimensão de Portugal e do seu mercado bancário não justificariam em tempos de normalidade. Mas é de dias incertos que vivemos, nós, a Europa e, feitas as contas, todo o mundo capitalista. Eis o que, em boa medida, explica que um problema com um banco português fosse suscetível de ser considerado tão contagioso e logo para tantos mercados bolsistas. Outra parte da explicação residirá na ainda fresca libertação do jugo da troika, conseguida há apenas cerca de um mês.

Como parece ter ficado claro na garantia dada pelo governador do Banco de Portugal, podem os depositantes do BES dormir descansados. E isso bastou para que o banco, os outros bancos e a Bolsa reagissem positivamente e a exagerada sensação de contágio deixasse de vaguear pelas praças europeias.

Mas não há que iludir: o vulcão existiu mesmo.

Em primeiro lugar, existiu porque para os mercados tardou o aclaramento de que o problema do Grupo Espírito Santo não era de molde a afetar a solvabilidade do banco, incluindo o detalhe não despiciendo de uma almofada de dois mil milhões de euros constituída como garantia.

Em segundo lugar, existiu porque para os mercados ainda não estava claro que o setor bancário português tivesse feito (e bem) todo o trabalho de casa na conclusão do programa de assistência financeira patrocinado pela troika.

Aclaradas ambas as questões e encontradas as razões da erupção vulcânica, podem, pois, os aforradores com depósitos no BES ter um fim de semana mais descansado. Exceto os crentes na prevalência da justiça social e da igualdade de oportunidades como modo de vida a atingir.

Em boa verdade, os últimos números conhecidos sobre a repartição da riqueza renegam essas duas ideias básicas do mundo civilizado e, mais ainda, dos regimes democráticos de que a Europa foi pioneira e vanguarda.

Desses grandes números, devemos reter, desde logo, o que mais dará que pensar e... trabalhar: metade da riqueza produzida está nas mãos de apenas um por cento da população mundial!

Mas há mais, muito mais: metade da população considerada em estado de pobreza, cerca de quatro mil milhões de almas, detém a mesma riqueza que as 85 pessoas mais ricas. E só na Europa, os 10 mais ricos somam 217 mil milhões, ou seja, 1,3 por cento da riqueza mundial.

Por fim, comparando o incomparável: a população que sobrevive com menos de 10 dólares representa 69 por cento da população mundial e três por cento da riqueza total produzida, enquanto 0,7 por cento da população vive com mais de um milhão de dólares e detém 41 por cento da riqueza produzida no Mundo.

ver todos os artigos do autor
 



A informação surgiu horas depois de a presidente da associação ter garantido à Lusa que não iria pagar a dívida ao fisco
foto Fábio Poço/Global Imagens

Fisco levanta penhora de alimentos doados ao "Coração da Cidade"

 
O Ministério das Finanças esclareceu, esta quarta-feira, que o serviço do Porto determinou o levantamento da penhora de bens alimentares feita à associação de apoio social "Coração da Cidade" por dívidas relativas a portagens de ex-SCUT.
 
 
Cartoon Elias o sem abrigo de R. Reimão e Aníbal F. 06-03-2015

Missão do FMI chegou a Lisboa para avaliação anual

Uma missão do Fundo Monetário Internacional chegou a Lisboa no quadro da avaliação regular da economia portuguesa, que ocorre anualmente, no âmbito do designado artigo IV.

ONU preocupada com violações de direitos fundamentais no México e na Venezuela

O alto comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra'ad Al Hussein, expressou esta quinta-feira preocupação pela situação dos direitos humanos no México e na Venezuela, nomeadamente a violência e violação...

Pacheco de Melo diz que Salgado estava envolvido em todas as decisões estratégicas da PT

O ex-administrador financeiro da Portugal Telecom, Luís Pacheco de Melo, disse, esta quinta-feira, no Parlamento que Ricardo Salgado, ex-presidente do Banco Espírito Santo, exercia a sua influência em todas as matérias "importantes"...

Jefferson e Tanaka titulares no Sporting frente ao Nacional

Marco Silva, treinador do Sporting, promove, nesta quarta-feira, cinco mudanças na equipa que defronta o Nacional da Madeira, no Funchal, na primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal. Jefferson, Miguel Lopes, André...

Portugueses entre os detidos por escravizarem indigentes na Corunha

Quatro membros da mesma família foram detidos por escravizar indigentes e trancá-los em barracões e caravanas de propriedades nos arredores da Corunha, onde lhes impunham maratonas de trabalho construindo edifícios ilegais...

Ex-gestor da PT desmente Granadeiro

O ex-administrador financeiro da PT Portugal, Luís Pacheco de Melo, garantiu, esta quinta-feira, que Henrique Granadeiro validou e deu orientações para que fossem aplicados 750 milhões de euros em papel comercial da Rioforte...

Inquérito

Passou a reutilizar sacos de plástico?

Sim
Não

Dossiês

A detenção de Sócrates
A detenção de Sócrates
O caso BES
O caso BES
Português atual
Português atual

NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - JN Destaque
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - JN Destaque
BT Edições Multimédia
 
1ª Liga
1|Benfica59
2|FC Porto55
3|Sporting47
4|Sp. Braga46
5|V. Guimarães40
6|Belenenses34
7|P. Ferreira33
8|Nacional31
9|Rio Ave29
10|Moreirense28
11|Marítimo27
12|Estoril25
13|Boavista22
14|Arouca20
15|Académica19
16|V. Setúbal19
17|Gil Vicente18
18|Penafiel16

Serviços


18º
HOJE, 06 de Março

Amanhã19º |
Domingo19º |
Segunda17º |
Terça17º |

 



Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled