"É preciso inventar doenças para ter reforma"

25/07/2005
 

"Há médicos que têm de inventar doenças para colocar nos relatórios porque sabem que, com o diagnóstico de fibromialgia, os doentes não são reformados, por muito incapacitados que estejam para trabalhar", denuncia Fernanda Neves de Sá, presidente da Associação Portuguesa de Doentes com Fibromialgia (APDF).

E, quando isto acontece, é uma grande sorte, continua. "Porque muitos médicos continuam a ignorar a doença, a insultar os doentes de preguiçosos e a acusá-los de querer simular a 'doença da moda'. Há já queixas no Ministério Público e na Ordem dos Médicos", declara a responsável da APDF, também ela "fibromiálgica com incapacidade a 60% mas a trabalhar a 100% como professora".

Embora o diagnóstico se faça apenas por critérios clínicos - não existem meios de diagnóstico que comprovem a fibromialgia ou o síndrome de fadiga crónica - e continuem por desvendar as suas causas, o diagnóstico obedece a critérios objectivos e a doença está perfeitamente descrita, explica o médico Sanchez da Silva.

O problema é o que quadro sintomatológico assemelha-se a outras doenças, o que dificulta o diagnóstico, principalmente se o médico não estiver sensibilizado para a questão.

O projecto de legislação que elenca as doenças crónicas e estipula apoios sociais em função do grau de incapacidade , conforme foi apresentado à Comissão Representativa das Associações de Doentes, "é digno de aplauso", sublinha Fernanda Neves de Sá.

A comparticipação especial nos medicamentos, a isenção de taxas moderadoras e o direito a uma terceira pessoa para cuidar do fibromiálgico são os benefícios mais significativos, na perspectiva da Associação Portuguesa de Doentes com Fibromialgia, e que poderão ser contemplados na futura lei.

 
 
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.











Conferencias Na Caixa 15 - JN destaque
NOS ConferênciaPrémioInovaçãoNOS - JN Destaque
Continente Uva d'Ouro 2015 - JN 300x100
PEPE Jornadas Empreendedorismo Turismo - JN Destaque
PEPE Fazemos Bem - JN Destaque300x100 (Bial)
PEPE Regresso ás Aulas 2015 - JN destaque
BT Edições Multimédia
 

Serviços


21º 14º
HOJE, 05 de Julho

Amanhã23º |14º
Terça24º |15º
Quarta28º |19º
Quinta29º |17º

 




Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled