"Governo não aceita lições sobre sensibilidade social", diz Marco António Costa

05/02/2012
O secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, Marco António Costa, afirmou que o Governo "não aceita lições de moral" da Esquerda sobre "sensibilidade social", pois foi com este Governo que se "falou de economia social pela primeira vez".
 
"Governo não aceita lições sobre sensibilidade social", diz Marco António Costa
foto José Mota/Global Imagens
Secretário de Estado da Segurança Social

Marco António Costa, que falava num jantar de apresentação da estrutura concelhia social-democrata na Trofa, afirmou ainda que Passos Coelho "conduz e governa o país a olhar para o futuro e com sentido de responsabilidade" sem "hipotecar o futuro" pelo "aplauso no presente".

Segundo o secretário de Estado da Segurança Social, foi com "este Governo" que "se falou pela primeira vez desde o 25 de Abril de economia social".

Como exemplo da "sensibilidade social" do Governo liderado por Passos Coelho, o secretário de Estado apontou a medida que permitiu "a discriminação positiva" de quem tem uma "carreira contributiva" mais longa no acesso ao subsídio de desemprego.

"O anterior Governo assinou um acordo que implicava que ninguém pudesse receber subsídio de desemprego além de 18 meses", explicou, adiantando que o Governo encontrou "espaço e credibilidade para sensibilizar a 'troika' para que aceitasse que os que tinham mais idade e carreira contributiva" recebessem além dos 18 meses.

Segundo Marco António Costa, também foi o Governo liderado por Passos Coelho que "pela primeira vez tomou a iniciativa de olhar para os falsos recibos verdes protegendo-os em situação de desemprego".

Além destas medidas, o governante apontou o "descongelamento" das pensões de mais de um milhão de portugueses como "exemplo" da visão "sensível" do Governo.

Ler Artigo Completo
 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora

 
 
Mais Nacional
01.04.15
O primeiro-ministro garantiu, esta quarta-feira, no Parlamento, que o Governo vai tomar "desde já" medidas para acabar com a "devassa" no acesso a...
01.04.15
A renúncia de António Costa ao lugar de presidente da Câmara Municipal de Lisboa, esta quarta-feira, está a animar o debate com o primeiro-ministro...
01.04.15
A oposição centrista na Câmara de Lisboa acusa António Costa de dar a presidência a Fernando Medina quando não foi o vereador das Finanças "que os...
01.04.15
O presidente cessante da Sociedade Portuguesa de Oncologia, Joaquim Abreu de Sousa, afirmou hoje que "o tratamento dos doentes com cancro em Portugal...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 


Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled