Governo quer "privatizar parte" da Segurança Social

14/04/2012
O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse este sábado que o Governo quer "privatizar parte da Segurança Social" ao admitir um sistema misto público/privado.
 
Governo quer "privatizar parte" da Segurança Social
foto Arquivo
Líder do PCP acusa Governo

"O Governo o que quer é privatizar parte da segurança social, particularmente os descontos mais significativos", disse aos jornalistas Jerónimo de Sousa, à margem de uma manifestação em defesa do Serviço Nacional de Saúde.

O líder dos comunistas reagia às declarações de hoje do ministro da Solidariedade e Segurança Social, Pedro Mota Sares, que admitiu que o futuro da Segurança Social pode passar por um sistema misto público/privado.

Para Jerónimo de Sousa, o ministro está a avançar "com a ideia do plafonamento dos descontos para a segurança social".

"O Governo está preocupado com os descontos mais altos de muitos trabalhadores que inevitavelmente teriam que ir para o privado", adiantou o secretário-geral do PCP.

Jerónimo de Sousa sublinhou ainda que o Governo "não está a pensar numa velhice ativa", mas sim "em prolongar o tempo para adquirir o direito à reforma, sabendo que muitos portugueses perdendo o emprego e o fundo de desemprego ficam sem alternativa".

 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Mais Nacional
13.02.16
O número de angioplastias primárias realizadas em Portugal triplicou em mais de uma década, atingindo agora valores que estão dentro da média europeia...
13.02.16
Dezasseis dos 17 ministros do Governo chefiado por António Costa estão, este sábado, por todo o país em sessões de esclarecimento com militantes e...
 



Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled
 
Email Marketing Certified by E-goi