Morreu bombeiro de Miranda do Douro internado no Porto

06/09/2013
O bombeiro de 25 anos da corporação de Miranda do Douro que estava internado no Hospital da Prelada, no Porto, morreu esta sexta-feira, mais de um mês depois do internamento com graves queimaduras.
 
Morreu bombeiro de Miranda do Douro internado no Porto
foto Lisa Soares /Global Imagens
Este ano já morreram oito bombeiros

De acordo com Luís Pedro Martins, diretor de comunicação do Hospital da Prelada, o bombeiro gravemente ferido no incêndio de Miranda do Douro de dia 1 de agosto não resistiu às queimaduras de segundo e terceiro grau que lhe afetaram entre 70 a 80% da superfície corporal.

Daniel Falcão acabou por falecer, esta sexta-feira ao início da noite, por falência multiorgânica, o que eleva para oito o número de bombeiros que morreram na sequência do combate aos incêndios florestais este ano.

Esta sexta-feira, realizou-se o funeral de Fernando Manuel Reis, de 50 anos, da corporação de Valença, que faleceu quinta-feira na sequência dos ferimentos sofridos num incêndio a 29 de agosto, em Sanfins.

Nesse mesmo dia, morreu Cátia Pereira Dias, de 21 anos, da corporação de Carregal do Sal, e ficaram feridos outros quatro operacionais envolvidos no combate às chamas na Serra do Caramulo.

Um desses feridos, Bernardo Cardoso, de 19 anos, também bombeiro de Carregal do Sal, faleceu dia 3 de agosto.

Bernardo Figueiredo, de 23 anos, esteve internado no Hospital de São João, no Porto, durante cinco dias, também na sequência de ferimentos no incêndio na Serra do Caramulo (Tondela) e morreu a 27 de agosto.

Ler Artigo Completo
 
 
 
subscreva já
newsletter diária jn
Receba diariamente no seu e-mail a Newsletter do JN e alertas de última hora
subscrever

 
 
Mais Nacional
05.08.15
O próximo concurso do Euromilhões, na sexta-feira, terá um "jackpot" de 24 milhões de euros, em virtude de não ter sido apurado qualquer totalista...
04.08.15
Em jogo, no primeiro prémio do sorteio desta terça-feira, estão 15 milhões de euros.
04.08.15
Paulo Portas acusa o PS de "fugir" de uma confrontação com o CDS-PP nos frente-a-frente para as legislativas e de ingerência editorial nas televisões...
Comentar
Caracteres Disponíveis: 750
Enviar Comentário
Obrigado! O seu comentário ficará visível dentro de momentos.
Ocorreu um erro. Tente novamente mais tarde.

Nota: Os comentários deste site são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
Consulte a Conduta do Utilizador, prevista nos Termos de Uso e Política de Privacidade. O JN reserva-se ao direito de apagar os comentários que não cumpram estas regras. Aparecer como anónimo - os dados (nome e-mail) são ocultados.
Os comentários podem demorar alguns segundos para ficarem disponíveis no site.

 



Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled