Fotos eróticas feitas às escondidas na piscina

 | 22/03/2009
Dois monitores das piscinas municipais de Recarei, Paredes, fizeram uma sessão erótica de fotografias dentro daquele espaço público. As fotos foram colocadas na Internet e a Câmara vai suspender os funcionários.
 
TAGS

A sessão destinava-se a fazer fotografias para uma exposição em Cascais e envolveu, além dos dois monitores, um homem e uma mulher, modelos exteriores às piscinas. A sessão realizou-se num domingo à tarde, há cerca de dois meses, sem autorização superior.

Ao que o JN apurou, terá sido pedido a algumas pessoas para saírem do recinto e deixar a porta entreaberta, chamando a atenção de um curioso que espiou a sessão. Dias depois, as fotos dos monitores nus foram postas na Internet e, esta semana, o jornal local "O Progresso de Paredes" publicou-as na última página.

Apanhado de surpresa, o presidente da Câmara de Paredes, Celso Ferreira, mostrou-se "profundamente indignado". "O caso está já a ser analisado pelo Departamento Jurídico da Câmara e os dois funcionários serão suspensos enquanto decorre o processo", disse ao JN. Celso Ferreira entende tratar-se de uma situação grave, sobretudo, pelo facto de os monitores terem usado o local de trabalho, que é um local público frequentado pela população. "Vamos agir em conformidade porque os utentes sabem que contam com uma equipa séria de pessoas que não podem ser envolvidas num caso destes" frisou.

Também apanhado pela polémica, o coordenador das piscinas municipais, Pedro Vasconcelos, explicou ao JN ter já há algum tempo conhecimento do caso. "Fizeram-me chegar as fotos publicadas na Internet e procurei gerir a situação internamente para defender, sobretudo, o nome de todos os funcionários. Já averiguei alguma matéria, já ouvi as pessoas implicadas, e iria informar o Presidente da Câmara ainda esta semana", explicou.

A divulgação das fotos obrigou-o a acelerar o processo. "Os funcionários da autarquia são exemplares e não devemos confundir esta situação lamentável com o normal funcionamento das piscinas municipais", assegura Pedro Vasconcelos. Ontem de manhã, o JN conversou com moradores de Recarei, onde os dois funcionários são muito conhecidos. A maioria das pessoas reclama que a Câmara deve ter mão pesada. "Há muita gente que deixa os seus filhos irem à piscina. Cenas destas não podem ocorrer lá dentro", disse um dos moradores.

 
 
 
 
Tem alguma informação para corrigir ou para acrescentar a este conteúdo?
Escreva-nos
 
Emirates Microsite 15destinos destaque JN
PEPE Fazemos Bem - JN Destaque300x100 (Bial)
PEPE Economia Social - JN Destaque 300x100
 
1ª Liga
1|FC Porto7
2|Sporting7
3|Arouca7
4|Benfica6
5|Braga6
6|V. Setúbal5
7|Rio Ave5
8|P. Ferreira5
9|U. Madeira4
10|Boavista4
11|Belenenses3
12|Nacional3
13|Tondela3
14|Estoril3
15|Marítimo2
16|V. Guimarães2
17|Moreirense0
18|Académica0

Serviços


24º 14º
HOJE, 03 de Setembro

Amanhã23º |14º
Sábado26º |16º
Domingo24º |16º
Segunda24º |16º

 



Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled