Incêndio criminoso provoca queimaduras a bombeira

 | 20/09/2012
A adjunta do Comando dos Bombeiros Voluntários de Monção, Malvina Gomes, de 33 anos, sofreu, ontem, queimaduras de primeiro grau num braço e nas pernas enquanto combatia um incêndio florestal que deflagrou, de madrugada, em Pias, localidade situada entre a sede de concelho e Arcos de Valdevez, sinistro atribuído pelos bombeiros a mão criminosa.
 
TAGS
Incêndio criminoso provoca queimaduras a bombeira
foto Luís Henrique Oliveira / JN
Malvina Gomes viria a ser assistida nas urgências locais

"De um momento para o outro, com a mudança da direção do vento, vi-me rodeada pelo fumo e com cada vez mais dificuldade em respirar e andar. Premi, então, o botão de emergência do rádio, ao mesmo tempo que tentava, como podia, ir ao encontro dos meus colegas. Mas foi só quando saí do meio do fumo que me senti aliviada. A salvo", refere, com alguma dificuldade, Malvina, dando conta de que, para trás, ficaram mais de 30 minutos de "uma grande ansiedade", sentimento partilhado pelos restantes bombeiros, que procuravam, desesperadamente, pelo seu paradeiro.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa

 
 
 
 
Tem alguma informação para corrigir ou para acrescentar a este conteúdo?
Escreva-nos
 
Olhares sobre a violência no contexto familiar
 
1ª Liga
1|Benfica52
2|Sporting52
3|FC Porto46
4|Braga39
5|V. Guimarães31
6|P. Ferreira30
7|Rio Ave29
8|Arouca28
9|V. Setúbal26
10|Belenenses25
11|Estoril23
12|Moreirense23
13|U. Madeira23
14|Marítimo22
15|Nacional21
16|Boavista20
17|Académica18
18|Tondela10

Serviços


15º 13º
HOJE, 12 de Fevereiro

Amanhã16º |
Domingo10º |
Segunda12º |
Terça12º |

 



Global Notícias - Media Group S.A. Todos os direitos reservados
Termos de Uso e Política de Privacidade |  Ficha Técnica |  Quem Somos |  Contactos |  Webmaster This website is ACAP-enabled
 
Email Marketing Certified by E-goi