O Jogo ao Vivo

Gente

Obama confessa que vai ter saudades do Air Force One

Obama confessa que vai ter saudades do Air Force One

Barack Obama voltou a estar no programa de Ellen Degeneres. O presidente norte-americano confessou, entre outras coisas, que Washington é "deprimente" e fez declarações de amor à mulher, Michelle Obama.

Barack Obama esteve novamente no estúdio do programa de televisão de Ellen DeGeneres, para uma entrevista que soou a despedida. Obama fez um balanço da sua presidência (desde 2009) e confessou não ter saudades de uma campanha presidencial.

Mas admitiu que vai sentir falta de voar no Air Force One - o único avião em que voa o presidente dos EUA. "Não sinto falta de viajar em voos comerciais, teres que tirar os sapatos e essas coisas todas", desabafou.

Agora que vai sai da Casa Branca - as eleições acontecem a 8 de novembro deste ano -, Obama vai poder fazer algo de que tinha realmente saudades: sair de Washington, que confessou ser "um pouco deprimente". Confessou ainda a Ellen que chegou a propor sair à rua como um cidadão comum - algo impossível para um presidente - sob disfarce e que um amigo da Broadway até lhe enviou um bigode postiço. Não foi autorizado.

Aproveitando o Dia de São Valentim, Ellen fez uma surpresa a Obama e mostrou um vídeo com uma mensagem de amor de Michelle. Contagiado pelo espírito, Barack também fez uma declaração romântica à mulher. Disse mais: "Ao fim de 15 anos descobri como deixar de discutir com ela: perceber que a minha mulher tem sempre razão".

E estando perante Ellen DeGeneres - casada desde 2008 com a atriz Portia de Rossi - Barack Obama afirmou que se sente orgulhoso por, durante o seu mandato, ter acontecido a legalização do casamento homossexual em todos os estados norte-americanos.

Para terminar, Ellen tirou ainda uma selfie com Obama, que partilhou depois no Twitter, com a legenda: "Selfie com o chefe".

Conteúdo Patrocinado