Gente

Actriz Daryl Hannah foi detida num protesto

Actriz Daryl Hannah foi detida num protesto

A polícia deteve a actriz norte-americana Daryl Hannah, num protesto em frente à Casa Branca, organizado por um grupo de ambientalistas que se opõe à construção de um oleoduto entre os Estados Unidos e o Canadá.

A actriz, que participou nos filmes "Splash", "Blad Runner", "Kill Bill" e "Wall Street", foi detida juntamente com uma centena de manifestantes, noticiou a agência Efe.

Em declarações à televisão ABC, minutos antes da sua detenção, Daryl Hannah disse que será "um desastre" se o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, aprovar o oleoduto Keystone XL.

"O problema destes oleodutos não é se vão derramar petróleo, mas onde vão derramá-lo", declarou a actriz, que já foi detida noutras acções em defesa do meio ambiente.

Desde 20 de Agosto foram detidos mais de 500 manifestantes num outro protesto em frente à Casa Branca contra o oleoduto.

Com um custo aproximado de sete mil milhões de dólares (4,8 mil milhões de euros), o Keystone XL estende-se por mais de 2700 quilómetros, atravessando Alberta, no Canadá, e os estados norte-americanos de Montana, Dakota do Sul, Nebraska, Kansas e Texas.

A infraestrutura duplicará a capacidade do oleoduto que liga os dois países.

O relatório sobre o impacto ambiental, já contestado por organizações ecologistas, refere que o projecto da empresa TransCanadá terá apenas danos limitados.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM