Gente

Paulo de Carvalho lamenta ter atendido telemóvel em concerto

Paulo de Carvalho lamenta ter atendido telemóvel em concerto

Depois de na passada sexta-feira ter atendido um telefonema durante um concerto, Paulo de Carvalho pede, agora, desculpa aos espetadores.

O insólito caso aconteceu em Paredes de Coura, no final do concerto do artista naquela localidade minhota, quando o antigo porta-voz do Benfica, João Malheiro, entrou em palco de telemóvel em punho em direção a Paulo de Carvalho. O cantor pegou no telefone, interrompeu a interpretação de "Nini dos meus 15 anos" e revelou que era Eusébio do outro lado da linha, perante a estupefação dos espetadores.

Em declarações à Rádio Vale do Minho, Paulo de Carvalho admite que o caso foi "surpreendente", mas recusa responsabilidade direta no mesmo. Ou seja, sem o referir claramente deixa implícita a responsabilidade de Malheiro numa situação que causou protestos na plateia.

O cantor pede desculpa aos espectadores e desafia-os para irem até Ponte de Lima onde no dia 4 de Março volta a dar novo concerto onde, segundo promete, não atenderá telefones.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM