Gente

"Sou um padre da Igreja actual"

"Sou um padre da Igreja actual"

"Palavras" é o disco de estreia de um padre que, aos 34 anos, usa a música para chegar aos fiéis e a todos que o queiram ouvir.

Um dos seus temas serve de banda sonora à novela "Sentimentos".

Em palco, poucos dirão que é padre, mas o discurso não esconde a vocação. Aos 34 anos, o padre Victor, que é pároco em Torre de Moncorvo, tornou-se um nome conhecido da música nacional, até porque já passou por muitos programas de televisão com o seu disco "Palavras", cujo tema acompanha encontros e desencontros em "Sentimentos", novela da TVI. Rui Veloso, Mafalda Veiga, Coldplay, Robbie Williams ou Queen são algumas das fontes de inspiração.

Como é que um padre se transforma em músico pop?

O padre não se transforma. O padre continua a sua missão servindo-se de uma forma de expressão contemporânea. Apenas coloco ao serviço dos outros um dom que Deus me deu.

Em palco, sente-se outra pessoa?

Sinto-me feliz. Feliz por cantar as minhas "palavras". Feliz por levar a minha mensagem aos outros. Feliz por ver as pessoas felizes com o meu "ser padre".

As pessoas têm reagido bem ao talento do padre-cantor?

Creio que sim. Aliás, as mensagens que recebo a dar-me coragem neste desafio e projecto, fazem com que eu não desanime.

Acha que é mais fácil chegar aos fiéis e até aos seus alunos através da música?

Para eu chegar aos outros, primeiramente terá que cada um abrir a sua vida e o seu coração à mensagem que eu quero passar. De que vale passar uma mensagem "positiva" se as pessoas não estão receptivas a isso? É preciso que haja disponibilidade para escutar esta mensagem. A música que faço tenta ir ao encontro das tendências actuais, daquilo que os jovens e eu próprio, enquanto jovem, ouvimos.

Podemos defini-lo como um padre adaptado aos novos tempos?

Sou um padre dos tempos de hoje, porque é hoje que vivo. A minha realidade é hoje, aqui e agora. Anuncio um Cristo do "ontem", do "hoje" e de "sempre". Sou um padre da Igreja actual, do mundo actual. Tento ser o padre que as pessoas precisam.

O seu single de estreia dá música à novela "Sentimentos". Segue a história?

Sempre que posso e tenho essa disponibilidade. É uma história actual, com quadros actuais, ligada a realidades sociais.

Onde é que gostava de dar um concerto?

Sendo eu "pescador de homens", porque não à beira-mar? Numa praia do nosso país. Aliás, foi à beira-mar que Jesus fez o convite aos seus discípulos.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM