Política

Comissão Europeia alerta Portugal que só sacrifícios são insuficientes

Comissão Europeia alerta Portugal que só sacrifícios são insuficientes

O vice-presidente da Comissão Europeia Antonio Tajani diz que é impossível vencer a crise apenas com sacrifícios. "É importante trabalhar no crescimento", considera o político que vai estar esta semana em Portugal.

Antonio Tajani disse à Lusa em Estrasburgo que, durante a sua visita a Portugal, que terá início esta quinta-feira, estará com o Presidente da República, com o primeiro-ministro e com empresários portugueses.

"Penso que é possível vencer a crise se trabalharmos todos juntos. A solidariedade é crucial", afirmou Tajani, comissário responsável pela Indústria e o Empreendedorismo.

"Acredito em Portugal, no povo português. Agora é importante que todos trabalhem juntos contra a crise, não apenas com sacrifícios, mas também com políticas que favoreçam o crescimento", acrescentou.

O vice-presidente da Comissão Europeia defendeu a importância de encontrar um ponto de equilíbrio entre os "sacrifícios" e as medidas destinadas a fomentar o crescimento económico.

"É impossível vencer a crise se apenas pedirmos sacrifícios. É importante fazê-lo, mas também é importante trabalhar no crescimento", sublinhou.

Tajani afirmou que, durante a sua visita a Portugal, vai falar sobre "crescimento e emprego" e dar a conhecer os pilares do reforço da política industrial na União Europeia, que foram apresentados pela Comissão Europeia a 10 de outubro.

Trata-se de um conjunto de ações para dinamizar a indústria, que inclui a afetação entre 10 e 15 mil milhões de euros do Banco Europeu de Investimento (BEI) em empréstimos adicionais às Pequenas e Médias Empresas (PME).

O comissário europeu disse ainda que estará presente na assinatura de um acordo na área do turismo, que tem como objetivo aumentar o número de turistas durante a época baixa.

Relacionadas

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM