segurança

Ex-diretor do BPN rouba criança

Ex-diretor do BPN rouba criança

O economista que liderou o BPN-Créditus foi condenado a pagar 58 mil euros à filha do seu antigo braço-direito. Em tribunal foi dado como provado que desviou dinheiro destinado à criança, então com nove anos.

Responsável por um desfalque de cinco milhões de euros na concessão irregular de crédito naquela instituição financeira, Óscar Silva soma a esta condenação das Varas Cíveis do Porto uma outra, relativa a 231 mil euros de honorários não pagos aos seus antigos advogados da sociedade "Nuno Cerejeira Namora, Pedro Marinho Falcão & Associados".

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado