segurança

Ferida na mão trai inspetora da PJ presa por morte de idosa

Ferida na mão trai inspetora da PJ presa por morte de idosa

A polícia detida pela morte de uma idosa ficou, ontem, em prisão preventiva. Uma das provas que a pode incriminar é um ferimento que ela terá sofrido numa mão, ao disparar 14 tiros sobre a vítima.

Oferimento na mão da inspetora da Polícia Judiciária (PJ), Ana Saltão, de 36 anos, situa-se entre o polegar e o indicador. Segundo fontes policiais, terá sido provocado pelos impactos de 14 disparos consecutivos da arma de nove milímetros usada, no passado dia 21, para matar a avó do seu marido, também inspector na PJ do Porto.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM