segurança

Pena suspensa para adepto do Benfica que agrediu Pedro Proença

Pena suspensa para adepto do Benfica que agrediu Pedro Proença

O adepto benfiquista que agrediu, em agosto de 2011, o árbitro Pedro Proença com uma cabeçada, num centro comercial de Lisboa, foi condenado a um ano e meio de prisão, com pena suspensa, por ofensas à integridade física qualificada.

O homem foi também condenado a uma multa de 750 euros, pelo crime de injúrias agravadas.

Na primeira sessão do julgamento, que decorreu no 5.º Juízo Criminal de Lisboa, Pedro Proença afirmou que se sentiu "extremamente ofendido com a agressão bárbara", e frisou que não ofendeu verbalmente o arguido, o qual assumiu a agressão, mas em legítima defesa, apresentando uma versão diferente da do árbitro internacional português.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado