Crime violento

Prisão preventiva para suspeitos de matar e queimar homem

Prisão preventiva para suspeitos de matar e queimar homem

O Tribunal de Mangualde ordenou prisão preventiva para os dois homens, de 20 e 32 anos, , suspeitos de terem assassinado a tiro um homem de 35 anos, na madrugada da passada quinta-feira, em Penalva do Castelo.

Os dois homens terão atraído o vendedor ambulante, de etnia cigana, para uma zona próxima onde residia, com o pretexto de lhe pagarem uma dívida, relacionada com tráfico de droga. O homem foi depois morto a tiro.

No dia seguinte, na sexta-feira, regressaram ao local do crime, onde regaram o corpo com gasolina e atearam fogo ao cadáver, encontrado na passada segunda-feira pela Polícia Judiciária, em colaboração com a PSP de Viseu.

Os dois indivíduos foram detidos, acusados de um crime de homicídio qualificado e de ocultação de cadáver por incineração.

Após terem sido ouvidos ao longo de todo o dia pelo juiz de instrução criminal, ambos ficaram a aguardar julgamento no estabelecimento prisional de Viseu, cidade onde residem.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado