Venezuela

Docente insta ao combate ao "bullying" envolvendo lusodescendentes nas escolas da Venezuela

Docente insta ao combate ao "bullying" envolvendo lusodescendentes nas escolas da Venezuela

Ana Maria Figueira dos Santos, professora e sexóloga luso-venezuelana, afirmou, este sábado, que se verificam situações de "bullying" nas escolas da Venezuela envolvendo lusodescendentes, as quais, instou, devem ser combatidas.

"O tema do bullying não somente é da Venezuela. Também o observamos em crianças de pais portugueses que, muitas vezes, são discriminadas por ser filhos de estrangeiros e se veem na situação de não dizer nada porque se sentem desprotegidas", disse a docente em declarações à agência Lusa.

Ana Maria Figueira dos Santos falava à margem do II Congresso sobre a Infância Luso-venezuelana, iniciativa do Consulado Geral de Portugal em Caracas e da Academia da Espetada de Caracas, que reuniu, no sábado, profissionais do setor e representantes de organismos da comunidade portuguesa local.

A especialista defendeu não se tratar de uma situação dirigida aos lusodescendentes, mas instou a um reforço da autoestima dos filhos dos emigrantes portugueses porque muitas vezes "têm pouca confiança em si mesmos", apesar de sublinhar que as novas gerações têm conseguido progressos nesse sentido.

"É um trabalho que se está a fazer porque muitos professores também já são filhos de portugueses", disse, recordando que os pais têm um papel importante porque são "quem dirige o barco, são como o capitão do lar".

Ana Maria Figueira dos Santos aproveitou para destacar a "abertura ao português" da imprensa local, realçando que as redes sociais também permitem saber o que acontece na comunidade e em Portugal.

No que diz respeito à sexualidade, a comunidade portuguesa continua a ser "muito conservadora", apontou, denotando uma "falta de conhecimento dos temas que se abordam", confusão ou a tendência para "dar maior prestígio a um sexo ou outro".

"Temos que eliminar isso de que o homem tem maior responsabilidade ou a mulher tem menor", concluiu.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado