Sociedade

Aquário Vasco da Gama liberta exemplares de espécie de peixe ameaçada

Aquário Vasco da Gama liberta exemplares de espécie de peixe ameaçada

O Aquário Vasco da Gama vai libertar, quinta-feira, para o seu habitat natural 400 exemplares de ruivaco-do-oeste, uma espécie de peixe de água doce ameaçada e que só existe em Portugal, anunciou a Marinha.

Os peixes, reproduzidos em cativeiro no aquário, serão libertados no rio Alcabrichel (Torres Vedras) entre as localidades de Ramalhal e Abrunheira, perto do local onde foram capturados os seus progenitores, informa o portal da Armada.

A reprodução em cativeiro do ruivaco-do-oeste foi feita, pela primeira vez, no aquário em tanques no exterior, onde foram simuladas as condições naturais de ambiente e alimentação, e ao abrigo de um projecto de conservação de espécies em risco.

Além do Aquário Vasco da Gama, participaram neste projecto a associação ambientalista Quercus, o Centro de Biociências do Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA) e a Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa.

Já em Março, na primeira acção de repovoamento do rio Alcabrichel, a cargo do Centro de Biociências do ISPA e da Quercus, tinham sido libertados os primeiros 400 ruivacos-do-oeste, criados na Estação Aquícola de Campelo, de um total de cerca de 1500.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado