Sociedade

Como não falhar nas resoluções de ano novo

Como não falhar nas resoluções de ano novo

Perder peso e fazer exercício físico são das resoluções de ano novo mais populares. A ciência estudou a vontade de introduzir mudanças no início do ano e explica por que a maioria está destinada ao fracasso.

As resoluções de ano são como os bebés: divertidas de fazer, mas difíceis de manter. O problema, dizem os psicólogos, está na formulação e nas estratégias (erradas ou ausentes) adotadas, que conduzem à desmotivação e falhanço.

A abordagem recomendada por alguns gurus da autoajuda, como visualizar o sucesso e repetir afirmações motivacionais, pode ser prejudicial, na perspetiva de Richard Wiseman, professor de Psicologia na Universidade de Hert-fordshire (Reino Unido). "Se quer emagrecer, não basta colocar uma foto no frigorifico e fantasiar que está magro", concluiu o psicólogo, depois de ouvir mais de 700 pessoas que traçaram resoluções de ano novo e perceber que 78% das que falharam tinham seguido conselhos da literatura de autoajuda.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM