Sociedade

Crise rouba fundos ao Instituto de Nanotecnologia

Crise rouba fundos ao Instituto de Nanotecnologia

Com a mudança de Governo em Portugal e as próximas eleições em Espanha o projecto do Instituto Ibérico de Nanotecnologia de Braga vai sofrer alterações. Nenhum dos dois países quer pagar 15 milhões por ano. Nuno Crato visita terça-feira o organismo.

Em causa está o financiamento anual previsto inicialmente - 30 milhões «a meias» entre Portugal e de Espanha - que a crise comprometeu. Os dois entraram, no começo, com aquela verba, Portugal com parte em fundos comunitários e a Espanha em dinheiro. Mas agora as dificuldades financeiras envolvem, também, o governo do Espanha já que a ministra que tutela a Ciência, Mercedes Calvo-Sotelo, está de saída, havendo fortes dúvidas sobre a posição do próximo Executivo, seja ele do PSOE ou do PP.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM