Sociedade

Miguel Relvas vaiado em homenagem no Brasil

Miguel Relvas vaiado em homenagem no Brasil

O ex-ministro Miguel Relvas foi vaiado e insultado por um grupo de portugueses residentes no Rio de Janeiro, no Brasil, antes de entrar numa cerimónia para ser homenageado, na noite de quarta-feira. Veja o vídeo.

O protesto aconteceu à chegada de Miguel Relvas ao Museu Histórico Nacional, local onde vários portugueses foram homeageados, no Rio de Janeiro. Uma das manifestantes abordou o ex-ministro português para o congratular "pelo bem-estar que fez ao país"; Miguel Relvas respondeu virando costas para entrar no Museu Histórico Nacional, onde seria homenageado.

Os protestos não terminaram aí, apesar do grupo ter sido impedido de entrar nõ edifício. No exterior do Museu Histórico Nacional, os manifestantes distribuíram panfletos com "o curriculum verdadeiro" do ex-ministro.

Miguel Relvas foi homenageado pela Câmara Portuguesa de Comércio e Indústria do Rio de Janeiro por se ter "destacado no incremento das relações bilaterais ao longo deste ano".

Na mesma cerimónia, apresentada pelo ator Ricardo Pereira, foram homenageados outros empresários e personalidades portuguesas, como António Mexia, presidente da EDP, a fadista Mariza e o presidente da Gestifute, Jorge Mendes.

O ex-ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares deixou o Governo em abril deste ano e foi recentemente nomeado Alto-comissário da Casa Olímpica da Língua Portuguesa no Brasil, convite que partiu de José Manuel Constantino, presidente do Comité Olímpico de Portugal, pelo "conhecimento da realidade dos países de Língua Portuguesa".

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM