Sociedade

Planeta Marte formou-se em tempo recorde

Planeta Marte formou-se em tempo recorde

O planeta Marte formou-se num tempo recorde, apenas dois a quatro milhões de anos após o nascimento do sistema solar, enquanto a Terra levou 50 a 100 milhões de anos para atingir o seu tamanho actual.

Até à data, os cientistas pensavam que Marte tinha levado 15 milhões de anos a formar-se.

Segundo um estudo publicado na revista científica "Nature", e citado pela agência de notícias AFP, a rapidez com que se formou Marte explica que o planeta seja mais pequeno do que a Terra ou Vénus.

Para descobrir a idade de Marte, os geofísicos Nicolas Dauphas e Ali Pourmand tomaram como referência a desintegração radioactiva do háfnio 182. São necessários nove milhões de anos para que metade deste elemento radioactivo se transforme noutro, no tungsténio 182.

Em 50 milhões de anos, quase todo o háfnio 182 desapareceu, o que, para os cientistas, permite identificar a idade dos primeiros eventos no sistema solar.

Os autores da investigação analisaram ainda a composição de meteoritos com origem em Marte e, posteriormente, compararam-na com outros tipos de meteoritos do período do nascimento do sistema solar.

De acordo com o estudo da revista "Nature", a Terra acumulou, durante dezenas de milhões de anos, pequenos corpos rochosos, espécies de embriões de planetas, com os quais entrou em colisão, o que lhe permitiu aumentar de tamanho.

"A Terra é feita de embriões como Marte, mas Marte é um embrião planetário que não entrou em colisão com outros embriões, de forma a constituir um planeta semelhante à Terra", sustentou Nicolas Dauphas.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado