Sociedade

Portugal é o oitavo país da UE com maior número de mortos nas estradas

Portugal é o oitavo país da UE com maior número de mortos nas estradas

Portugal é o oitavo país da União Europeia com o maior número de mortos na sequência de acidentes de viação, segundo a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.

Os dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) foram divulgados à agência Lusa por ocasião do Dia Europeu de Segurança Rodoviária, que hoje se assinala.

A autoridade, que cita os últimos dados disponíveis a nível europeu, refere que 88 pessoas por milhão de habitante morreram nas estradas portuguesas em 2010, colocando Portugal no 20º. lugar da tabela.

Bulgária, Grécia, Roménia, Lituânia, Polónia, Letónia e Chipre são os países europeus que têm mais mortos devido aos acidentes rodoviários do que Portugal.

Apesar de ocupar o oitavo pior da lista, Portugal registou, em 2012, 580 vítimas mortais, sendo necessário recuar até à década de 50 para se encontrar um valor inferior a 600 vítimas mortais por ano, segundo a ANSR.

A Segurança Rodoviária sublinha que a redução do total das vítimas registadas em 2012 proporcionou ao país uma poupança estimada em cerca de 215 milhões de euros em relação a 2011.

Este ano, os acidentes nas estradas portuguesas já provocaram 141 mortos, menos 19 do que no mesmo período de 2012.

Os distritos com o maior número de vítimas mortais são Aveiro, com 20, e Porto, com 16, enquanto o distrito de Bragança ainda não registou qualquer vítima mortal este ano.

Segundo a ANSR, os desastres provocaram ainda, entre 01 de janeiro e 21 de abril, 441 feridos graves e 9.504 feridos ligeiros.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado