Sociedade

Um novo "Planeta Terra"

Uma equipa de astrónomos norte-americanos afirma ter descoberto um planeta extra solar, numa área que denominam Zona Habitável.

O planeta situado perto da estrela Gliese 58, a cerca de 20 anos luz da terra, tem condições que leva a compará-lo com o Planeta Azul. 

Ainda não existe uma confirmação da existência de água líquida naquele planeta, mas se houver será o planeta extra solar mais parecido com a Terra. De entre os 374 candidatos a planetas habitáveis, este é o que apresenta maiores possibilidades de ser habitável, segundo um comunicado da Universidade da Califórnia, em Santa Cruz, emitido pelos astrónomos responsáveis pelo estudo.

Segundo a NASA, um planeta na zona habitável não significa que seja um lugar onde poderão viver humanos. A possível colonização do planeta depende de muitos factores, mas os mais importantes são a existência de água líquida e uma atmosfera.

É o sexto planeta que se descobre ao redor da estrela anã vermelha Gliese 581 e que deve ser provavelmente rochoso e com um tamanho superior à Terra.

O novo planeta apresenta suficiente gravidade para poder ter uma atmosfera. Este planeta dá uma volta à estrela Gliese 581 a cada 37 dias e apresenta uma característica muito especial: não gira sobre o seu próprio eixo, por isso apresenta sempre a mesma face à estrela, de modo que numa metade do planeta é sempre de dia e na outro sempre de noite.

Os investigadores enviaram um artigo sobre este novo planeta para a revista "Astrophysical Journal", mas de momento o artigo apenas se encontra disponível na Internet.

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado