saúde

Caminhar é mais benéfico para a saúde do que correr

Caminhar é mais benéfico para a saúde do que correr

Um estudo concluiu que caminhar depressa apresenta mais vantagens para a saúde do que correr. O que importa é a distância percorrida e não o tempo.

O estudo realizado a 33.060 corredores e 15.045 pessoas, ao longo de seis anos, concluiu que a energia utilizada nas duas formas de exercício resulta em vantagens semelhantes: diminuição de risco de tensão arterial e colesterol alto, diabetes e doenças cardíacas.

Ao contrário das investigações anteriores, este estudo, publicado na revistaAsteriosclerosis, Thrombosis and Vascular Biology, revela que a questão fundamental no exercício é a distância que se percorre, e não o tempo.

Assim, correr com frequência reduz em 4,2% o risco de hipertensão enquanto que, ao caminhar, a probabilidade baixa ainda mais, para 7,2%. As corridas reduzem 4.5% o risco de doenças arteriais coronárias e, as caminhadas, diminuem até 9,3%.

Uma caminhada de 45 minutos todas as manhãs pode ainda ajudar a combater as insónias e, no caso de idosos, reforça a saúde dos ossos. Além disso, caminhar mais do que uma hora melhora de forma significativa a esperança média de vida.

Segundo Paul T. Williams, principal autor do estudo, as pessoas que correm, fazem muito mais exercício do que quem caminha pois conseguem fazer o dobro numa hora. No entanto, não deixa de ser uma boa alternativa para quem quer investir num futuro saudável.

Recomendadas

Outros conteúdos GM

Conteúdo Patrocinado