Sociedade

INEM compra formação dada por mulher do presidente

INEM compra formação dada por mulher do presidente

O INEM está a pagar a uma entidade externa cursos de formação para os seus profissionais que são ministrados por familiares da atual Direção: a mulher do presidente e a de um dos seus assessores.

O primeiro curso PHTLS (Pre Hospital Trauma Life Support) para profissionais do INEM decorreu no Hospital Militar de Coimbra, em dezembro passado. O Instituto de Emergência Médica convidou "os 20 profissionais que mais se destacaram em 2014" para fazerem a formação, acreditada internacionalmente, explicou ao JN aquele organismo. Entre os instrutores estavam a enfermeira Isabel Miranda, mulher de Paulo Campos, presidente do INEM; e a médica Julieta Vieira, mulher de um dos assessores do presidente, Pedro Vieira. Um facto que estará a causar algum mal-estar dentro do INEM.

Cada curso ministrado pela associação "AEM Portugal" tem um custo médio de 300 euros por pessoa, segundo a própria AEM, mas, ao que o JN apurou, o instituto terá pago cinco mil euros pelos 20 formandos. Confrontado com este valor, o INEM garantiu, por escrito, que "pagou o curso, dentro da lei, e conforme contratualizado".

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Recomendadas

Conteúdo Patrocinado

Outros conteúdos GM