JN DIRETO

Local

Meteorologia

22°
Hoje, 18 de Novembro

Opinião

Vítor Santos

#MariaLisboa

CONHEÇO MUITAS PESSOAS de Lisboa, até trabalho com algumas, mas não as distingo pela latitude. Hoje vou fechar o círculo, abrindo uma exceção apenas para fazer a defesa desta boa gente da capital. Maria João Marques, colunista do "Observador", escreveu numa rede social, entre outras coisas, que "muitas pessoas do Porto" serão "imensamente mais conservadoras do que as de Lisboa, mais machistas, mais racistas". Por ser de Leça da Palmeira (a terra mais bonita de Portugal, para quem não domina a geografia, mas gosta de ouvir os Expensive Soul), no distrito do Porto, nem vou tentar contrariar a Maria. Conheço-me bem e aos meus. Importa-me, antes, explicar-lhe que ao escrever que no Porto são "imensamente mais machistas, mais racistas", está a dizer que os lisboetas também são, embora em menor escala, o que não faz sentido, porque existem machistas e racistas... ponto final. Ou são, ou não são. Portanto, peça lá desculpa aos lisboetas. Não conheço nenhum com essas características, embora existam em todo lado. Cada vez menos, quero acreditar. Aqui, no Porto, costumamos dizer que "vozes de burro não chegam ao céu". Vou provar-lhe, Maria João Marques, que essa impressão de que não temos "capacidade de encaixe para as críticas" também não corresponde à verdade: eu quero que a sua voz provinciana chegue ao céu.

Margarida Fonseca

#raspa!

Fim de tarde de sexta-feira. Num posto de combustível há filas para abastecer e para estacionar. No interior, duas caixas e também filas. Procuro notícias sobre descida de combustíveis para o dia seguinte. Não há. Encontro a primeira explicação para tanta gente: coincidência. Calha-me uma bomba com pré-pagamento. Vou a correr para não complicar mais a vida. Fico na bicha mais pequena, com dez pessoas à minha frente. Vejo, cá fora, as caras entediadas dos condutores que continuam no mesmo lugar. À sétima pessoa a fila pára. Há quem buzine por não conseguir passar e há quem faça cara de mau de mangueira na mão. A sétima pessoa continua ao balcão. Há cabeças a espreitar e suspiros que soam a irritação. A outra fila começa a andar mais depressa. Mudo de sítio. Cinco pessoas à minha frente. Tudo rola até parar na terceira. A fila que deixei também já mexe. Finalmente em frente à caixa. Pergunto: "Porque há clientes que demoram tanto tempo?". "Raspadinhas", é a resposta. À saída, vejo um cartão onde se anuncia que houve quem encontrasse, naquele posto, um prémio chorudo. Raspei-me dali. Que falta de sorte a minha. É que nem sequer jogo!

Evasões

Evasoes

Bar tropical de cantor dos D.A.M.A. é saudável e tem cocktails

Comida saudável durante o dia e cocktails à noite, sempre com um toque exótico. É esta a grande aposta do Trópico do Cais, o novo bar com conceito day and night que abriu há menos de um mês no Cais do Sodré pelas mãos [e pelo financiamento] de quatro jovens amigos de longa data: João Gama, Filipe Sarmento, Francisco Tavares e Francisco Pereira [este último mais conhecido como Kasha, um dos três cantores dos D.A.M.A.]. A ideia inicial, há um ano e meio, era criar uma Tapiocaria nas Amoreiras e surgiu depois de uma viagem ao Brasil. «Era algo que […]

Evasoes

A receita de ravioli de lebre do chef Bertílio Gomes

  Receita de ravioli de lebre com nabos, abóbora e espargos (para 4 pessoas)   Autor: chef Bertílio Gomes. É um dos mais ecléticos chefs do país, deixando marca positiva em cozinhas tão diversas como Hotel da Lapa, Bica do Sapato, Faz Figura, Virgula e Casa da Comida, até assumir há cinco anos os fogões do Chapitô à Mesa (Lisboa). Algarvio de nascimento, desenvolve uma cozinha de produto e proximidade, respeitando sempre a origem de cada ingrediente.   Ingredientes Recheio de lebre: . 1 lebre pequena . 2 cebolas grandes . 1 cenoura . 1 talo de aipo . 1 […]

Evasoes

São precisas 8 pessoas para comer este éclair

O tronco de natal foi a inspiração para o novo éclair da Leitaria da Quinta do Paço, que chega a 23 de novembro às confeitarias do Porto, de Matosinhos, Vila do Conde e Lisboa. A partir da tradicional sobremesa natalícia, que ocupa muitas mesas na consoada, nasceu um éclair festivo que não só leva recheio de bolo de chocolate e chantilly, mas também cobertura de bolo de noz, groselhas e tomilho. Existem duas versões, uma individual e uma para comer em família ou com amigos, indicada para oito pessoas. A mais pequena custa 3,20 euros e a XXL tem o […]

Evasoes

Com esta rede social já pode ir jantar a casa de outras pessoas

Este foi o primeiro jantar organizado em Portugal através da TastePlease, uma plataforma social que junta pessoas à volta da comida. O dinamarquês fundador da plataforma, Frank Lantz, aproveitou a feliz coincidência de estar na WebSummit para estar na estreia portuguesa. E foi assim que se tornou um dos 12 convivas à mesa do casal francês Stéphanie e Pierre, na sua casa no Beato, para um jantar inspirado no Médio Oriente. A Evasões assegurou outro dos lugares deste jantar onde se conversou em inglês como se todos se conhecessem há muito, com os comensais a mergulhar pedaços de pão numa […]

Evasoes

Lisboa tem um novo Topo com petiscos e cocktails

Quando se pensava que a febre dos rooftops tinha arrefecido com o passar do verão, eis que surge uma nova aposta sob o mesmo pretexto, em Belém. É o Topo Belém, que replica o conceito, desta feita no CCB – Centro Cultural de Belém, mas eleva a fasquia com uma carta de «maior requinte» e sobriedade face aos espaços no Chiado e no Martim Moniz. Os clientes que se sentarem à mesa, tanto nos sofás compridos que se destacam na decoração como na esplanada exterior, podem agora escolher um brás de bacalhau ou um rib eye "Carnis" de 600 gramas […]