desporto

Naide e Rui Silva prometem pouco

Naide e Rui Silva prometem pouco

Os atletas Naide Gomes (heptatlo) e Rui Silva (1.500 metros) recusam-se a falar da conquista de medalhas nos Jogos Olímpicos Atenas 2004.

Os dois atletas, juntamente com a antiga campeã olímpica da maratona Rosa Mota e a nadadora paralímpica Leila Marques, encontraram-se num almoço promovido por um dos seus patrocinadores e, na conversa que mantiveram com os jornalistas, foram muito "humildes" nas suas aspirações olímpicas.

Rui Silva, que ainda se recorda da sua má prestação nos Jogos Olímpicos de Sydney 2000, onde não passou das eliminatórias, tem como principal objectivo chegar à final dos 1.500 metros, enquanto Naide Gomes confessa ser mais fácil conquistar medalhas no pentatlo (do qual é campeã europeia em título) do que no heptatlo (sete disciplinas).

A atleta de origem são-tomense considera que a medalha olímpica já está atribuída à sueca Carolina Kluft e que o calor pode ser uma dificuldade suplementar. Rosa Mota, campeã olímpica da maratona em Seul 88, está muito optimista quanto a uma boa prestação portuguesa nos Jogos Olímpicos. A antiga atleta julga ser possível Portugal arrecadar medalhas na vela, no judo e no atletismo, nesta modalidade através de Francis Obikwelu, Naide Gomes e Rui Silva.

ver mais vídeos