ultimas

Cheney e Rumsfeld acusados da responsabilidade de maus-tratos a prisioneiros de guerra

Cheney e Rumsfeld acusados da responsabilidade de maus-tratos a prisioneiros de guerra

Um conselheiro próximo do ex- secretário de Estado norte-americano Colin Powell acusou hoje o vice- presidente, Dick Cheney, e o secretário da Defesa, Donald Rumsfeld, de serem responsáveis pelos maus-tratos infligidos aos prisioneiros de guerra, numa entrevista à BBC.

      O coronel na reserva Lawrence Wilkerson afirmou que Cheney é responsável "de forma clara e nítida" pelos maus-tratos de prisioneiros e pela falta de preparação do pós-Saddam no Iraque.

      "Observo a relação entre Cheney e Rumsfeld como sendo a que produziu estes dois fracassos em particular", acrescentou.

      Quando questionado sobre se Cheney podia ser acusado de crimes de guerra, o coronel Wilkerson respondeu: "É certamente um crime (na legislação norte-americana) fazer-se defensor do terror".

      "E eu suponho que é também um crime internacional", salientou.

      Segundo Lawrence Wilkerson, houve um debate no seio da administração norte-americana sobre o tratamento a dar aos prisioneiros na guerra contra o terrorismo. Colin Powell queria que os Estados Unidos respeitassem as Convenções de Genebra, Cheney e Rumsfedl não, disse.

PUB

      Mas a solução de compromisso decidida pelo presidente norte- americano, George W. Bush, segundo a qual as Convenções de Genebra serão aplicadas a todos os prisioneiros, à excepção dos que pertencem à rede terrorista Al-Qaida, não foi respeitada por Cheney e Rumsfeld, segundo indicou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG