pais

Rio de Onor a caminho de ser "aldeia europeia"

Rio de Onor a caminho de ser "aldeia europeia"

As aldeias de Rio de Onor (Bragança) e Rihonor (Espanha) deram mais um passo para a transformação na primeira localidade com a designação oficial de "aldeia europeia". Ontem, junto à fronteira, foram acordados os estatutos do Conselho Rio de Honor da Europa, comum aos dois países e constituído por cidadãos residentes.

Esta entidade tem como competências a realização de trabalhos comunitários, a preservação da cultura e dos costumes, o desenvolvimento rural e a criação de uma escola bilingue. O Conselho recuperou a antiga vara, usada em Rio de Onor, que serve para marcar faltas aos elementos.

Os habitantes das aldeias estão satisfeitos com a possibilidade de poderem captar investimentos junto da União Europeia para melhorar a zona, mas a constituição do Conselho esteve longe de ser pacífica, pois os residentes do lado espanhol levantaram algumas dúvidas quanto à eleição dos representantes e chegou mesmo a instalar-se a confusão no acto de assinatura dos estatutos. Discussões que revelam a desconfiança latente face ao projecto, tanto mais que até à data as populações não entendem muito bem do que se trata.

Do lado de Castilha os residentes disseram ao JN que o projecto só faz sentido se for internacional. "Não pode ser nem de um lado nem do outro", afirmou Rosário Fernandes, que confessou temer que tudo acabe por ficar em Portugal. Uma opinião reiterada por António José Preto, um espanhol que optou por radicar-se na parte portuguesa da aldeia.

A ideia, que partiu da Associação para o Desenvolvimento da Terra Fria Transmontana e da Associácion de Desarollo Integrado de Sanabria y Caraballeda, já foi apresentada em Bruxelas. A iniciativa visa derrubar um paredão administrativo e tem por base a proximidade física e geográfica que une estas gentes há vários séculos.

Subjacente à ideia está também a necessidade de travar a desertificação. Em ambas as partes não há crianças em idades escolar. Do lado português existem 70 habitantes, no espanhol apenas 13.

PUB
Curiosidades históricas

Aldeia única

Segundo reza a história, até ao século XIII, Rio de Onor e Rihonor foram uma aldeia única.

Alcanices

A partir de 1297, com o Tratado de Alcanices, a povoação foi dividida.Marcos

Só depois de 1865 foram colocados marcos a delimitar o território.

Campos agrícolas

Fez-se uma fronteira, apesar de as pessoas continuarem a ir de um lado para o outro para cuidar dos campos agrícolas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG