ultimas

Jesualdo Ferreira já não é treinador do Boavista

Jesualdo Ferreira já não é treinador do Boavista

O treinador de futebol Jesualdo Ferreira, alegadamente pretendido pelo FC Porto, rescindiu hoje o contrato que o ligava ao Boavista até ao final da época de 2007/08, anunciou a SAD boavisteira em comunicado.

Na nota, publicada do site de Internet do clube, a Administração da SAD do Boavista acrescenta que o contrato foi revogado numa reunião entre o presidente João Loureiro e o técnico, ocorrida às 16:00.

"Em consequência de tal revogação, ficou previsto o pagamento de uma forte indemnização à Boavista FC, Futebol, SAD", acrescenta o comunicado.

Depois de ter orientado o Sporting de Braga nas últimas três épocas, tendo levado os "arsenalistas" ao quarto lugar da Liga Portuguesa de 2005/06, Jesualdo Ferreira, 60 anos, ingressou no Boavista em Julho, com o objectivo de recolocar o clube portuense nas competições europeias.

"Esta decisão foi tomada após a Administração desta SAD ter verificado, face à argumentação, insistência e vontade manifestadas pelo Prof. Jesualdo Ferreira, não haver condições para a sua continuidade como treinador principal do Boavista FC", afirma a Administração "axadrezada".

O Boavista, que recorda ter defendido "até ao limite" a continuação de Jesualdo Ferreira no comando técnico da equipa, de forma "sucessiva e reiterada", anunciou que o adjunto Pedro Barny passa "de imediato" a ser o treinador principal, podendo assim "dar continuidade ao trabalho feito até ao momento" pela equipa.

Segundo a SAD, a opção por Pedro Barny, que "co-dirigiu irrepreensivelmente os trabalhos de pré-época" da equipa, "é a que merece a confiança de todos os boavisteiros", quer pela sua "grande competência e profissionalismo", quer pela "dedicação e honra" que, "sem margem para dúvidas", o técnico sente por trabalhar no clube.

O treinador de guarda-redes, Luís Matos, permanece na equipa técnica, cuja composição definitiva "será oportunamente definida e anunciada".

A rescisão de Jesualdo Ferreira, que ainda orientou o treino da manhã de hoje, acontece um dia depois de João Loureiro ter garantido que o "professor" iria continuar como treinador da equipa de futebol pelo menos até ao final do primeiro ano de contrato.

"Houve um compromisso meu para, no final da primeira época, e se aparecesse um bom convite para o professor Jesualdo Ferreira, libertá-lo sem colocar grandes entraves. Não tem nada que ver com situações que surgem a 15 dias do começo do campeonato", disse João Loureiro na segunda-feira.

De acordo com o responsável máximo dos "axadrezados", que acusou "terceiros e pessoas do meio" de tentarem criar instabilidade no clube, Jesualdo Ferreira iria cumprir pelo menos uma época no Estádio do Bessa, havendo a possibilidade de sair do clube apenas no final da temporada.

Na segunda-feira, o presidente e o agora ex-treinador do Boavista subiram segunda-feira juntos ao relvado do Bessa pouco antes do início do treino da tarde e foram saudados pelas dezenas de adeptos que se encontravam nas bancadas.

Jesualdo Ferreira tem sido o nome mais falado para comandar o FC Porto depois de na semana passada Co Adriaanse se ter demitido do cargo de treinador do "dragões", que na época passada o técnico holandês levou à conquista do título nacional e da Taça de Portugal.

ver mais vídeos