norte

Passeios de burro pela tradição

Passeios de burro pela tradição

Dar a conhecer os usos e costumes da região raiana da Terra de Miranda é o objectivo central de uma actividade de lazer promovida pela Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino (AEPGA). A iniciativa arranca, hoje, na localidade espanhola de Piño del Oro, em direcção a Constantim, no concelho de Miranda do Douro.

O passeio segue para Paradela, a localidade mais oriental do território continental e onde o rio Douro entra em Portugal. Castro de Alcanices será outro ponto de visita. Pelo meio, haverá serões e bailes tradicionais; no último dia, o percurso será todo em território português Paradela, Ifanes, Cosntantim.

Os caminhos e trilhos que, no passado, eram usados para fazer o contrabando de produtos como café, pão, vinho, azeite, peixe de conserva e outros bens essenciais vão agora ser percorridos pelos amantes do turismo natural, utilizando o burro como meio de transporte, percorrendo, desta forma, os traçados sinuosos da região fronteiriça da designada "raia seca" nordestina.

Segundo Miguel Nóvoa, da AEPGA, esta iniciativa vai unir o território de Espanha com o de Portugal. Esta união traz consigo histórias de antigamente, de contrabando, de sobrevivência e de luta contra a pobreza, ainda bem vivas na memória das gentes da raia. "O contacto com as pessoas das localidades por onde vai passar a caravana de burriqueiros vai ser privilegiada com a finalidade de registar antigas experiências de vida", salienta.

No próximo dia 30, e até 2 de Julho, o burro de Miranda irá aderir aos desportos radicais. A AEPAGA vai organizar uma actividade designada por "O Burro e o Parapente", onde aqueles animais terão um papel fundamental no transporte dos equipamentos dos desportistas, desde as mochilas até aos próprios equipamentos de voo.

Francisco Pinto

ver mais vídeos