cultura

Reinserção pela arte tem apoio da Gulbenkian

Reinserção pela arte tem apoio da Gulbenkian

"Reinserção pela Arte" é um projecto que a Fundação Calouste Gulbenkian criou e que será desenvolvido, até 2008, em três centros educativos de Lisboa, ao abrigo de um protocolo de cooperação assinado com o Instituto de Reinserção Social.

O projecto, coordenado por Jorge Barreto Xavier, vai ser desenvolvido no Centro Educativo Padre António de Oliveira, no Centro Educativo Navarro de Paiva e no Centro Educativo da Bela Vista.

Esta iniciativa da FCG, através do seu Serviço de Educação e Bolsas, parte do pressuposto de que é "prioritária a criação de modelos de intervenção junto de adolescentes e jovens em situação de risco pessoal e social".

Neste sentido, defendem os promotores da iniciativa, "a criação de um modelo através de um projecto artístico, nos Centros Educativos, poderá não só ser útil na densificação do programa geral de acção de cada Centro, como eventualmente extrapolável para aplicações em situações de pré-delinquência ou de jovens em risco".

O Projecto, que se afirma "como projecto artístico e não como projecto terapêutico", conta com a colaboração de artistas portugueses que, conjuntamente com o coordenador , preparam os conteúdos e acompanharão a sua concretização. Entre estes constam os nomes do coreoógrafo Rui Horta, de Madalena Vitorino (actual responsável dop Centro de Pedagogia e Animação do Centro Cultural de Belém) e Fernando Mora Ramos.

Orientado para a inserção de jovens em situação social de risco, a iniciativa pretende desenvolver novas estratégias educativas quer pela exploração da criatividade e do (re)conhecimento das capacidades artísticas, que possam contribuir para o combate ao insucesso escolar, quer pelo contacto com as diversas formas de expressão artística passando pela descoberta de novas aptidões e competências nos jovens.

O projecto será colocado de forma sistemática nos Centros Educativos, em Setembro de 2006.

ver mais vídeos