sul

Zoomarine devolve foca à vida selvagem

Zoomarine devolve foca à vida selvagem

A foca bebé que deu à costa numa praia de Sesimbra, há cerca de cinco meses, com ferimentos em várias partes do corpo, está praticamente recuperada e deverá em breve ser devolvida à vida selvagem, apurou o JN junto do Zoomarine, onde o animal se encontra em reabilitação.

"A foca teve uma boa recuperação, apesar de ter chegado muito debilitada. Deverá ser libertada dentro de um mês ou mês e meio, na sua zona de origem, ou seja, nas águas geladas do Atlântico Norte", avançou Élio Vicente, director do Zoomarine.

A foca-de-crista macho, com poucas semanas de vida, deu à costa na praia do Ouro, com um corte profundo na "anca", osso exposto, vários ferimentos nas barbatanas e um quadro grave de stresse. Terá chegado às águas nacionais depois de percorrer milhares de quilómetros, provavelmente arrastada por correntes das águas geladas do Atlântico Norte.

A foca, um dos quatro exemplares que deu entrada este ano no Zoomarine, para recuperação, foi operada dias depois de ter chegado à instituição e baptizada pela equipa de biólogos com o nome de "Duende". Após uma semana de internamento, ganhou peso e começou a alimentar-se sem ajuda.

A perda de um dos "dedos" foi a única sequela da longa aventura da foca até à costa. Ainda assim, trata-se de um animal cheio de vida, "muito irrequieto e travesso", garante Élio Vicente.

ver mais vídeos