sociedade_e_vida

Jovens interpelam cientistas polares

Jovens interpelam cientistas polares

Alunos das escolas portuguesas vão poder colocar questões, via Internet, aos cientistas polares que, no próximo ano lectivo, participam numa expedição à Antártida, no âmbito de um programa educativo para celebrar o Ano Polar Internacional.

"Latitude60!" é o nome do programa, destinado aos alunos de todas as escolas do país, que um grupo de cientistas das Universidades de Lisboa e do Algarve decidiu lançar para comemorar o IV Ano Polar Internacional, que se celebra entre Março de 2007 e 2009.

O cientista Gonçalo Viera, um dos responsáveis do "Latitude60!" e que desde Janeiro coordena uma equipa de investigadores na Antártida, revelou pormenores sobre o "Pergunta a um cientista polar?", um dos projectos que deverão ser lançados no próximo ano lectivo.

Durante a campanha que se vai realizar no próximo Inverno, "os alunos das escolas podem questionar, via NET, os investigadores portugueses que estão na Antártida e vão responder quase em tempo real", explicou Gonçalo Vieira, que este ano vai coordenar "de cá" (de Portugal) a equipa.

No âmbito do programa levado a cabo pelo Comité Português para o Ano Polar Internacional, os alunos poderão ainda receber a visita nas escolas de cientistas, que aparecerão equipados com o pacote do material usado nas campanhas - tenda, roupa e muito outro material.

Mostrar o que se passa no Árctico e no Antárctico ao nível das mudanças no clima, na criosfera, nos ecossistemas, nos hábitos de vida dos povos polares, e as consequências que estas regiões têm para o resto do planeta serão alguns dos assuntos focados pelos investigadores.

Durante o Inverno, está ainda previsto que um grupo de alunos possa passar uma semana no campo, na Serra da Estrela, com cientistas polares.