desporto

Luís Filipe Vieira tem lugar anual no Dragão

Luís Filipe Vieira tem lugar anual no Dragão

Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, continua a ser sócio do F. C. Porto, grande rival do clube que dirige, e também tem um lugar anual no Estádio do Dragão. A filiação dura há 21 anos, desde 6 de Janeiro de 1985, o que lhe confere o número 17 599, bastante baixo tendo em conta a contabilidade actual. Foi o amigo Jorge Nuno Pinto de Sousa quem o inscreveu como associado, mas é José Carvalho, ex-sócio da empresa Hiperpneus e companheiro de longa data, quem lhe paga as quotas, que estão acertadas até ao final da presente temporada, ou seja, até Junho de 2006. Mas essa ligação vai para além de um simples cartão. "Chegou a ter um lugar cativo nas Antas, agora tem um lugar anual no Estádio do Dragão. Dei o nome dele para meu interesse pessoal, para que eu e a minha família tivéssemos mais uma cadeira, só isso. É evidente que ele não vai ver os jogos", explica, ao JN, José Carvalho que garante a paixão de Luís Filipe Vieira pelo rival "É benfiquista, sempre foi benquista. Não tenham dúvidas disso. Nasceu em Lisboa e é bairrista". O lugar anual fica situado no lado nascente do recinto.

A génese da ligação de Luís Filipe Vieira ao F. C. Porto remonta a Maio de 1984, quando acompanhou o amigo e sócio José Carvalho a Basileia, na Suíça, para assistir à final da Taça das Taças, competição perdida pelos azuis e brancos para a Juventus. "Acompanhou-me porque eu sou portista e o nosso amigo Jorge Nuno Pinto de Sousa inscreveu-nos como sócios do F. C. Porto. Até hoje continuo a pagar-lhe as quotas, ele sabe disso, e só não o farei se me disser o contrário. Nunca me pediu para o fazer e nunca lhe apresentei a factura da despesa, porque o Luís não merece uma coisa dessas", sublinha José Carvalho, que em 1978 montou a empresa de pneus Hiperpneus em sociedade com o actual presidente do Benfica "Éramos empregados no ramo dos pneus, mas em firmas diferentes. Um dia disse-me que podíamos fazer uma boa dupla e montámos a empresa em Outubro de 1978 com 80 contos em cada bolso. Crescemos e vendemos a sociedade em 1999".

José Veiga já não é associado

Sardoeira Pinto, presidente da Assembleia Geral do F. C. Porto, recebeu uma carta em Novembro do ano passado de Amaro Correia, sócio 9204, para que Luís Filipe Vieira e José Veiga fossem excluídos da filiação ao clube azul e branco, mas a convocação dessa assembleia geral só pode ser requisitada pela Direcção do clube, pelo Conselho Fiscal ou por um grupo de 200 sócios que tem de fazer um depósito de 25 euros. "Remeti a carta à Direcção e respondi ao sócio», explica Sardoeira Pinto. Mas José Veiga, director do futebol do Benfica, deixou de ser sócio do F. C. Porto em 2002, quando ainda era agente de jogadores, depois de uma ligação de 14 anos. Tinha o número 27 642.

Norberto A. Lopes

Luís Filipe Vieira é o sócio n.º 17 599 do F. C. Porto

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG