lusa

Cultura Cavaco Silva surpreendido com a Festa de Serralves

Cultura Cavaco Silva surpreendido com a Festa de Serralves

Porto, 2 Jun (Lusa) - O Presidente da República, Cavaco Silva, foi uma das 16.500 pessoas que até ao início da noite de hoje visitaram o Museu de Serralves e espaços anexos, no Porto, onde decorre mais uma grande festa em que a arte, nas suas múltiplas dimensões, é a estrela principal.

O chefe de Estado foi saudado por alguns visitantes, cumprimentou outros, deixou-se fotografar com algumas crianças, percorreu algumas salas do museu, assistiu à parte final de um espectáculo musical do duo espanhol Marisco Fresco, e depois jantou com a administração da Fundação de Serralves, entidade que governa este museu.

Cavaco chegou a Serralves às 19:00, acompanhado pela mulher, Maria Cavaco Silva. Começou por ser brindado com uma exibição dos Pauliteiros de Miranda do Douro e depois andou a ver algumas exposições, guiado pelo director artístico do museu, João Fernandes.

Katharina Grosse, Jorge Queiroz e Maria Nordman foram os artistas que mereceram maior atenção do Presidente da República.

No final, Cavaco Silva declarou-se surpreendido com o mar de gente que se encontrava em Serralves, a confirmar que a Festa, que se realiza anualmente, é um êxito invulgar.

"Confesso que não estava à espera de ver tanta gente. É uma surpresa agradável", afirmou Cavaco Silva, elogiando o projecto de Serralves como "instrumento de educação para a cultura".

Maria Cavaco Silva resumiu a sua opinião sobre o que acabara de observar numa única palavra: "Adorei".

O presidente elogiou também a parceria público-privada que, sob a forma de uma fundação, presidida actualmente por Gomes Pinho, gere o Museu de Serralves. Trata-se de uma "combinação virtuosa", resumiu, lembrando que sente "uma satisfação muito especial" por, enquanto primeiro-ministro (1985-1995), também ter contribuído para que o projecto fosse uma realidade.

AYM.

Lusa/fim